Lisboa – Portugal está com tudo!

Lisboa – Portugal está com tudo!

Lisboa está na moda mais do que nunca! Na verdade, Portugal inteirinho. E não é só entre nós brasileiros, não! O MUNDO todo está turistando por ali!

O clima ameno, a gastronomia deliciosa, os preços camaradas, a simpatia do povo, as belezas naturais e as cidades históricas são alguns dos responsáveis por esse sucesso, além do fato de ser um país seguro, fora da mira dos terroristas (e que nunca entre! ).

Estive em Lisboa duas vezes, e na primeira não percebi o quanto essa cidade é L-I-N-D-A. Talvez porque a beleza não é daquelas óbvias, talvez porque não passei tempo suficiente (dormi apenas uma noite). Ou as duas coisas juntas.

Nessa segunda vez, com bem mais tempo, enxerguei toda essa beleza e muito mais! Lisboa é charmosíssima, vibrante, agradável, moderna, descolada, acolhedora! Um lugar onde você se sente completamente em casa! Afinal, como não se sentir à vontade num lugar que faz parte da nossa própria história?!! Sem falar dos nossos “meio irmãos purrrrrtuguesexxxx” que são uma simpatia e que adoram brasileiros (pelo menos os turistas, rs)!!!

Nesse post vou contar sobre essas minhas duas passagens por lá, dando dicas de hospedagem, restaurantes, pastelarias, achadinhos, passeios, day trips, etc.! Venham porque tenho dicas de amigos locais! Garanto que essa capital está com tudo mesmo!!

Praça do Comércio, Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa

Os bondinhos que deixam tudo mais charmoso! Esse é dos turísticos, mas está valendo!

Lisboa é a capital e a cidade mais populosa de Portugal, onde vivem cerca de quinhentos mil habitantes (quase três milhões na área metropolitana).

Habitada por uma miscelânea de povos na Antiguidade, como os romanos, os visigodos e os mouros, foi reconquistada por Dom Afonso Henriques em 1147, quando se desenvolveu, junto com todo o país, para o que conhecemos hoje.

Antes de continuar falando de Lisboa em si, temos que lembrar que Portugal já foi um dos impérios mais importantes do mundo, que dominou os sete mares, criando colônias mundo afora e um país enorme na América do Sul, que conhecemos bem, heheheheh…

Portugal, e consequentemente Lisboa, enriqueceu demais com a exploração de suas colônias pelo mundo, em especial do Brasil (muito ouro!). Mas essa situação mudou no século XVII, quando o contrabando e pirataria dos produtos das colônias dominou a cena, piorada com a concorrência proveniente do começo da industrialização de alguns países europeus.

Outro fato histórico que marcou a vida de Lisboa foi o grande terremoto de 1755, quando a cidade foi completamente destruída! Apenas o bairro de Alfama resistiu por ter as casinhas muito grudadas, tendo “se protegido” umas nas outras. Depois desse terremoto, Lisboa foi toda reconstruída sob a coordenação do famoso Marquês de Pombal.

Hoje é uma cidade agradável, viva, limpa, organizada, tão gostosa de passear à pé que você nem sente o esforço de subir aquele monte de ladeiras! A quantidade de pracinhas e espaços públicos bem aproveitados é impressionante. Estive lá durante uma boa parte do mês de outubro de 2017, e todos esses lugares estavam sempre lotados de turistas e locais, uma delícia! Daqueles lugares que você vai embora chorando!

Praça do Comércio, Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa

Delícia de área para andar e relaxar, na região da Avenida Ribeira das Naus

A melhor época para visitar Lisboa é na primavera e no outono/começo do inverno do hemisfério norte, pois no verão as temperaturas podem subir demais e no alto inverno pode ficar desagradável para quem é muito friorento (médias de 8º C, mais ou menos).

Na minha primeira vez em Lisboa, no meio de setembro de 2016, peguei calor todos os dias com muito sol (médias de 30º C) e, dessa vez, de 7 a 17 de outubro de 2017, a mesma coisa: muito calor e sol, apesar de ter feito um calor fora de época, pois já era para estar friozinho. No dia em que fui embora choveu e o tempo começou a virar, dei muita sorte!

Para conhecer o principal da cidade recomendo ficar pelo menos três dias inteiros (num ritmo acelerado). Agora, se quiser fazer bate e volta para cidades próximas, acrescente mais um dia para cada uma (falarei sobre isso mais para frente). Eu fiquei 1 noite da primeira vez e 10 noites na segunda vez, porque queria, além de passear, aproveitar para fazer o enxoval da minha filha, já que engravidei quando essa viagem já estava marcada.

Praça do Comércio, Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa

Tempo delicioso em outubro de 2017. Ponte 25 de abril.

Brasil – Lisboa

TAP, LatamAzul são as únicas cias que voam direto. Você pode checar as demais companhias europeias para comparar o preço, mas saiba que haverá conexão nas capitais de origem das empresas.

Aeroporto Lisboa – Centro

O aeroporto Humberto Delgado, também chamado Aeroporto de Lisboa ou Aeroporto da Portela, está localizado a apenas 7 km do centro da cidade (até 20 min de carro) e as melhores opções de deslocamento são: metrô, ônibus executivo, táxi e Uber.

Metrô: acessível a partir do Terminal 1 (se você chegar pelo Terminal 2 tem um ônibus gratuito que liga os dois Terminais). Para chegar ao centro é preciso trocar da linha vermelha para a verde. Custa cerca de 2 euros.

Táxi/Uber: sai super em conta, entre 10 e 15 euros, já com bagagem inclusa.

Ônibus Executivos (lá eles chamam de autocarro): tem uma empresa chamada Aerobus que leva dos dois Terminais do aeroporto para o Cais do Sodré (bairro no centro de Lisboa). Custa cerca de 5 euros, mas é melhor conferir e já comprar pelo site antecipadamente.

Em Lisboa

Ande à pé o quanto aguentar e, quando estiver muito cansado, abuse dos elevadores, bondinhos (chamados de elétricos) e também do Uber, que é muito barato! Aaaahhh, e dos tuctucs!!! Eles chegaram mais ou menos em 2015 para ficar! Tem muuuuuuitos por toda a parte e qualquer corrida custa 5 euros por pessoa (preço de outubro/17).

Em Lisboa tem metrô também, mas não tem muitas linhas e é muito sem graça perto desses outros meios de transporte super charmosos, heheheh…

Maaassss, para quem prefere usar muito transporte público, existem dois cartões que podem ser vantajosos! São o cartão “Viva Viagem” e o “Lisboa Card”, que dão direito à uso em todos os meios de transporte (trem ou “comboio”, metrô, elétricos, elevadores e ônibus ou “autocarros”). O primeiro deve ser adquirido nas bilheterias de trem/metrô ou nas máquinas de autoatendimento. O segundo deve ser adquirido em algum centro de informações turísticas e dá descontos em algumas atrações da cidade também.

Leia mais sobre esses cartões aqui e aqui.

Praça do Comércio, Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa

É muito gracinha, né?

Praça do Comércio, Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa

Family no tuctuc com nosso motorista!

Lisboa é uma cidade pequena, mas tem MUITO o que ver e fazer, e o melhor jeito de conhecê-la é à pé, apesar do sobe e desce de ladeiras. É que são tantos cantinhos charmosos a serem descobertos, que se você estiver dentro de qualquer meio de transporte, vai perder muita coisa interessante.

Além disso, existem vários elevadores e ascensores (para nós brasileiros, bondinhos, rs) espalhados pela cidade que dão aquela ajudinha para subir! São alguns exemplos: Elevador de Santa Justa, Elevador do Castelo, Ascensor da Glória, Ascensor da Bica, Ascensor do Lavra, e por aí vai…

Praça do Comércio, Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa

Do nada vc encontra um cantinho assim! Coisas que só andando à pé!

Praça do Comércio, Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa

Casa em que Fernando Pessoa morou durante uma época. Descobrimos sem querer, andando à pé!

PRAÇA DO COMÉRCIO OU TERREIRO DO PAÇO

Vamos começar pela praça mais famosa e que acho uma das mais lindas que já vi na Europa: a Praça do Comércio, também chamada de Terreiro do Paço. É uma praça enoooorme e super imponente, de frente para o rio Tejo, e que hoje serve de palco para shows, eventos e comemorações. Já foi usada para discursos do ditador Salazar e manifestações políticas importantes da história de Portugal, como a Proclamação da República, em 1910.

Até o terremoto de 1755 essa praça abrigava o Palácio Real, residência dos reis de Portugal, onde havia uma biblioteca de cerca de 70 mil volumes, dentre eles, documentos sobre a descoberta do Brasil. Depois do terremoto, foram construídos os prédios que vemos hoje, que, em sua maioria, são departamentos do governo e instituições públicas.

Nas arcadas desses prédios tem vários restaurantes, cafés e um museu que achei super interessante sobre a história da cidade: o Lisboa Story Centre (falo dele mais adiante). Tem também o restaurante mais antigo de Lisboa, o Martinho da Arcada, onde o poeta Fernando Pessoa tinha uma mesa cativa.

Indo em direção ao rio Tejo, você verá duas colunas, local conhecido como “Cais das Colunas”. Era aí que desembarcavam as personalidades importantes da época, como chefes de Estado. A rainha Isabel II da Inglaterra desembarcou nas escadas de mármore do Cais da Coluna em 1957. Hoje todo mundo senta nessa escadaria para ver o pôr do sol, ao som de bandas/cantores que se apresentam ali todas as tardes, deixando uma atmosfera única! Vale muito a pena passar um fim de tarde nessa área!

Praça do Comércio, Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa

A Praça do Comércio vista como um todo. Foto da minha primeira vez na cidade, em setembro de 2016.

Praça do Comércio, Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa

Atrás de mim, o Arco da Rua Augusta. Foto da minha segunda vez, em outubro de 2017. Sempre esse “céuzão” azul!

Praça do Comércio, Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa

Estátua equestre do rei D. José e à esquerda, lá no alto, o Castelo de São Jorge, onde ficava o Palácio Real antes de ser transferido para a Praça do Comércio.

Praça do Comércio, Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa

Cais das Colunas. Em frente tem uma escadaria de mármore onde as pessoas sentam para ver o pôr do sol.

Praça do Comércio, Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa

Para o lado direito de quem olha o Cais das Colunas tem essa pequena prainha : )

Praça do Comércio, Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa

Pôr do sol inacreditável nessa região! A famosa Ponte 25 de abril ao fundo.

LISBOA STORY CENTRE

Esse museu fica na Praça do Comércio e conta, de forma interativa, os principais acontecimentos da história de Lisboa. A visita com o audioguia dura apenas 60 minutos que passam muito rapidinho. Tem uma parte que fala bem sobre a descoberta do Brasil, o que te prende a atenção. Geralmente não tenho paciência para audioguia, mas esse eu provei e aprovei!

É legal visitar esse museu no primeiro dia, para conhecer o resto da cidade com a história fresquinha na cabeça!

Para informações sobre horário de funcionamento e preços de entrada atualizados, clique aqui.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa

Entrada do Lisboa History Centre nas arcadas da Praça do Comércio

ARCO DA RUA AUGUSTA E RUA AUGUSTA

O Arco da Rua Augusta está bem no meio da Praça do Comércio e, atrás dele, está a Rua Augusta, uma rua de pedestres cheia de lojas de souvenir, produtos típicos portugueses e algumas fast fashion, como Zara. Tem também muitos restaurantes que não recomendo, pois achei tudo beeem turístico, daqueles que os garçons ficam com o cardápio na mão tentando te pegar à força.

No entanto, para uma guloseima típica ou até um sorvete, vale passear por essa rua. Experimente o pastel de bacalhau recheado de queijo Serra da Estrela da Casa Portuguesa do Pastel de Bacalhau (falarei desse estabelecimento mais para frente) e tome um sorvete na Amorino, gelateria francesa de donos italianos, que está ganhando o mundo com seus sorvetes em forma de pétalas de rosa (o de doce de leite é de tomar rezando!). Eu amo!!

Paralela à Rua Augusta estão a Rua da Prata e a Rua do Ouro, cheias de lojinhas de roupas e quinquilharias baratas, dominadas por asiáticos. Rua boa para comprar aquela mala baratex, caso você tenha exagerado nas compras em Lisboa, hehehehe (como eu, que fiz enxoval de bebê!)!!!

Praça do Comércio, Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, Rua Augusta

Rua Augusta sentido Praça do Comércio

Praça do Comércio, Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, Rua Augusta

Rua Augusta para o outro lado

ELEVADOR DE SANTA JUSTA OU ELEVADOR DO CARMO

Criado para ligar a Cidade Baixa à Alta, virou atração turística em Lisboa. Dizem que foi projetado por um discípulo do Alexandre Gustave Eiffel (o engenheiro da Torre Eiffel de Paris).

Ele leva os pedestres da Rua do Ouro para a Rua do Carmo/Praça do Carmo e conta com um miradouro com uma vista linda. No topo, conta também com um café super charmoso, de onde se vê outros pontos importantes de Lisboa, como o Castelo de São Jorge e as ruínas da igreja do Convento do Carmo, próximo lugar que vou contar e que adorei.

Para subir/descer, tem que pagar cerca de 5 euros, e nesse valor está inclusa a visita ao miradouro. Se quiser visitar apenas o miradouro, subindo pelas escadas, custa bem menos.

Elevador de Santa Justa, Elevador do Carmo, Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa

O mirante lá no topo

PRAÇA DO CARMO E IGREJA/CONVENTO DO CARMO

A praça do Carmo é uma pracinha animada no coração do Chiado, onde músicos independentes tocam e cantam para ganhar um troquinho. Mas nem sempre teve esse clima gostoso, pois foi ali que aconteceu a Revolução de 25 de abril de 1974, conhecida como Revolução dos Cravos, quando o Estado Novo foi deposto, dando lugar ao período de democratização do país.

Num dos lados da praça estão as ruínas da igreja do Convento do Carmo, do século XIV. Era uma mega igreja gótica, lindíssima, que foi super abalada pelo terremoto de 1755. Hoje, sem teto, está mais linda do que nunca! Acho que se não tivesse sido parcialmente destruída não teria a mesma graça, pois seria mais uma igreja imensa européia, como tantas outras.

Além das ruínas, você pode visitar o Museu Arqueológico do Carmo, com destaque para peças pré-históricas, túmulos monumentais (o rei Dom Fernando I está lá) e múmias. Sim, tem múmias! Uma egípcia e uma peruana! Não sei o que tem a ver, mas… uma delas é bem assustadora porque está com os cabelos compridos super preservados. Bem filme de terror!

Praça do Carmo, Largo do Carmo, igreja e Convento do Carmo, Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa

Acho lindo esse cenário dramático que formou sem o teto!

Praça do Carmo, Largo do Carmo, igreja e Convento do Carmo, Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa

Os túmulos

BAIRRO CHIADO: RUA GARRET, PRAÇA LUÍS DE CAMÕES E ARREDORES

O Chiado é, sem dúvida, um dos bairros mais legais e vibrantes de Lisboa. Nessa região, mais do que nunca, recomendo andar à pé para encontrar os seus cantos preferidos. São muitos cafés, pastelarias, lojas, teatros e livrarias (destaque para a centenária Bertrand), tudo em meio à uma linda arquitetura art nouveau.

A Rua Garret, que marca o coração do Chiado, é ótima para umas comprinhas, pois tem muitas lojas legais. As suas paralelas também. Além disso, tem uma pastelaria maravilhosa chamada Alcoa (para nós brasileiros, uma doceria, rs). Sério, pode escolher qualquer doce que é uma delícia!

Ainda na Rua Garret tem também o café A Brasileira, frequentado por Fernando Pessoa, onde, inclusive, tem uma estátua dele. Claro que é super disputada para aquelas fotos bem bregas fingindo que está interagindo com a estátua (e que eu adoro! kkkk).

Quase em frente ao café A Brasileira, você vai ver a Praça Luís de Camões, onde vários lisboetas me disseram ser a praça mais importante da cidade. Sei lá se é a mais importante mesmo, só sei que à noite fica L-O-T-A-D-A!! Ela separa o Chiado do Bairro Alto.

Praça Luis de Camões, Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa

Praça Luis de Camões. Agitada de dia e principalmente à noite. Abaixo da estátua de Luís de Camões, autor de Os Lusíadas, tem estátuas de outros grandes escritores portugueses, como Sá Menezes e Fernão Lopes.

ELEVADOR DA GLÓRIA

O Elevador da Glória pode ser usado por quem quer chegar no Miradouro de São Pedro de Alcântara, a próxima atração. Ele fica subindo e descendo uma ladeira, o tempo todo.

Eu estava doida para entrar num desses em Lisboa desde a primeira vez em que estive na cidade, mas na primeira vez não deu tempo. Dessa vez, tempo eu tinha, mas eles passavam tão lotados que eu desanimava. Então, quando vi esse elevador (que para mim é um bondinho, rs), quis entrar de qualquer jeito só para ver como era por dentro.

Se não me engano custou 3 euros por trecho (subi e desci o percurso dele na mesma hora, que nem tonta, mas feliz da vida, rs).

Praça Luis de Camões, Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, Elevador da Glória

Muito Lisboa!

Praça Luis de Camões, Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, Elevador da Glória

Adooooro bondinhos!!!

MIRADOURO DE SÃO PEDRO DE ALCÂNTARA

Mais um miradouro para ver Lisboa de cima. A vista é linda, mas nenhuma ganha do Miradouro da Nossa senhora do Monte, sobre o qual ainda vou falar adiante.

Dessa última vez, esse miradouro de São Pedro de Alcântara estava em reforma, e por isso o tapume na foto abaixo. Para chegar é possível usar o Elevador da Glória, como disse acima.

Praça Luis de Camões, Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, Miradouro São Pedro de Alcântara

Miradouro em reformas

BAIRRO ALTO

O Bairro Alto é um dos principais pontos da night de Lisboa. É mais legal à noite do que de dia, quando os muitos restaurantes e barzinhos ficam lotados. É um ponto mais cult, vanguardista, como se fosse uma Vila Madalena de São Paulo, guardadas as devidas proporções, claro!

Na primeira vez em que estive em Lisboa estava sozinha, então dei uma volta pelo bairro, mas não parei em lugar nenhum. Na segunda vez estava com a minha família e grávida, então não animei de sair à noite. Preciso voltar com o marido para aproveitar o Bairro Alto à noite!

Dá para subir pelo Elevador de Santa Justa!

Praça Luis de Camões, Bairro Alto, Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa

Uma ruelinha qualquer do Bairro Alto à noite

Praça Luis de Camões, Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa

Barzinho no Bairro Alto

MIRADOURO DA NOSSA SENHORA DO MONTE

Se você pensa que a vista mais abrangente de Lisboa é a do Castelo de São Jorge ou de qualquer outro miradouro espalhado pela cidade, está enganado. O miradouro da Nossa Senhora do Monte é o que te permite ter a visão mais ampla da cidade, e, inclusive, abrange o castelo, o que na minha opinião, deixa a paisagem muito mais especial.

Fica no tradicional bairro da Graça, um pouco afastado de tudo, mas em Lisboa nada é longe, então vale a pena dar uma passada de tuctuc, táxi, uber ou qualquer outro meio. A vista é recompensadora!

Lá em cima tem a capelinha Nossa Senhora do Monte, onde há uma cadeira sagrada chamada São Gens, mais ou menos do século IV, na qual mulheres grávidas de todo canto do mundo vem se sentar em busca de garantir um parto tranquilo e sem complicações. São Gens foi um dos primeiros Bispos de Lisboa e sua mãe morreu no seu parto. Esse fato gerou a tradição.

Óbvio que a minha mãe me fez sentar na tal da cadeira, mesmo à contragosto das senhorinhas carolas que tomam conta da igreja, que não gostam nada nada de fotos… morri de vergonha…

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, Miradouro da Nossa Senhora do Monte

O castelo de São Jorge bem atrás da minha cabeça rs

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, Miradouro da Nossa Senhora do Monte

A cadeira de pedra para assegurar um parto tranquilo

PANTEÃO NACIONAL

Eu não entrei, mas vi por fotos que o prédio é lindo por dentro. O Panteão é um monumento em estilo barroco, dedicado a homenagear grandes nomes portugueses que se destacaram por serviços prestados ao país.

Dizem que personalidades como Pedro Álvares Cabral, Luís de Camões e Vasco da Gama tem seus túmulos aí. Mas não entendi, porque os túmulos dos últimos dois estão no Mosteiro dos Jerônimos, que falo mais para frente… como não entrei para ver, fiquei com essa dúvida… 

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, Panteão Nacional

O Panteão por fora

CASTELO DE SÃO JORGE

Construído no século XI quando Lisboa estava sob o domínio dos mouros, servia para guardar armamentos militares e proteger a elite no caso da cidade ser cercada por inimigos, ou seja, tratava-se de uma fortaleza e não funcionava como residência de reis e rainhas.

Após o evento histórico chamado de reconquista, quando D. Afonso Henriques tomou Lisboa e outras cidades de Portugal dos mouros, o castelo passou a servir de residência real, mas depois foi destruído pelo terremoto de 1755.

O castelo fica tão no alto que é visto de qualquer ponto do centro histórico da cidade. Mas não pense que é um castelo cheio de cômodos e salões, lá em cima você só verá ruínas e uma vista linda.

Com os trabalhos arqueológicos pós terremoto, foram encontrados vestígios dessas duas épocas relatadas acima (islâmica e cristã), e também vestígios das primeiras estruturas habitacionais, do século VIII a.C!!!! Por isso, numa visita ao castelo, tem isso tudo para ver:

  • Exposição Permanente: coleção de objetos encontrados nas escavações, dos séculos VIII a.C ao século XVIII.
  • Sítio Arqueológico: vestígios arqueológicos dos três períodos: de antes de Cristo, do período islâmico e do período cristão.
  • Castelo: as 11 Torres, com destaque para a Torre da Cisterna, onde se recolhia e armazenava água da chuva.
  • Câmara Obscura: sistema ótico de lentes e espelhos que te dão uma visão 360º de Lisboa, mostrando a cidade em tempo real, com seus monumentos e zonas mais emblemáticas.
  • Miradouro: mais uma vista linda da cidade de Lisboa (que não ganha da Nossa Senhora do Monte hehehe).
Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, castelo de São Jorge

O castelo e uma de suas torres

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, Castelo de São Jorge

O miradouro do Castelo de São Jorge. Vista linda, mas a do Miradouro da Nossa Senhora do Monte ganha, pois tem justamente o castelo na paisagem ; )

MIRADOURO PORTAS DO SOL

Mais um miradouro para a lista! Mas nesse aqui, o que mais me chamou a atenção não foi a vista, mas sim a entrada do banheiro público ! Claro que a vista é bonita, mas, de novo: a do miradouro de Nossa senhora do Monte é imbatível!

Já a entrada do banheiro é super interessante, pois conta, em quadrinhos, a história de Lisboa num mini túnel. “Adurei”!!!

Numa visita à esse miradouro, aproveite para fazer aquele xixizinho para ver a história em quadrinhos!!!

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, Miradouro Portas do Sol

Não é o máximo??

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, Miradouro Portas do Sol

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, Miradouro Portas do Sol

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, Miradouro Portas do Sol

Os cruzeiros poluem um pouco a vista, mas é sempre bonita!

BAIRRO DE ALFAMA

Para mim é o bairro mais típico e autêntico de Lisboa, cheio de ruelas estreitas, construções pitorescas com enfeites e florzinhas, roupas estendidas nas janelas, pracinhas, estabelecimentos pequenininhos, tascas e casas de fado (cuidado, a maioria é pega-turista!).

Originalmente muçulmano (mas aqui viviam cristãos e judeus também), foi o único que sobreviveu ao terremoto de 1755, pois suas casinhas grudadas acabaram protegendo umas às outras.

É o típico passeio que o must é andar sem rumo e ir parando onde quiser! Paramos numa tasca muito fofa e típica, chamada Cantinho da Rute, sobre a qual falo na parte de comidas (a melhor parte!!!).

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, Alfama

Arquitetura com clara influência árabe.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, Alfama

Típicas ruelas e construções de Alfama

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, Alfama

Em Alfama parece que a vida passa mais devagar… bem diferente do resto de Lisboa!

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, Alfama

Do nada, um “lavadouro público”!

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, Alfama

Sempre uma igrejinha!

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, Alfama

Português gosta dessas serpentinas coloridas penduradas, né? Pior que lá fica charmoso!

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, Alfama

Beco da Bicha!!! : )

SÉ DE LISBOA

Lisboa tem zilhares de igrejas por todos os lados, mas a Sé se destaca porque foi construída sobre uma antiga mesquita após a expulsão dos mouros, mais ou menos em 1150. Depois foi muito abalada pelo terremoto de 1755. A entrada é gratuita, com exceção do claustro, onde se pode ver restos romanos, árabes e medievais, escavados nos últimos anos.

Em frente à catedral estacionam muitos tuctucs, e, no dia em que estivemos lá, contratamos um deles para dar uma volta por Lisboa. Minha mãe estava muito cansada, eu estava grávida e já tínhamos andado muito naquele dia, então esse passeio caiu como uma luva!

O nosso tuctuc fazia parte da empresa City Tuk. Eles tem vários circuitos e custou 14 euros por pessoa para andar por cerca de duas horas, com um motorista que vai parando nos pontos contratados e te explicando tudo sobre a cidade. Muito melhor que aqueles ônibus estilo “Hop On, Hop Off”, pois é privativo.

Adoramos o tour! Achei uma ótima alternativa para quem não pode ou não quer andar!

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, igreja Santa Maria de Belém, Padrão dos Descobrimentos, casa dos Bicos, Fundacao Jose saramago

Sé de Lisboa por fora

CASA DOS BICOS – FUNDAÇÃO JOSÉ SARAMAGO

Se você gosta de literatura e, especialmente de José Saramago, achou o lugar ideal em Lisboa! Aí tem tudo sobre o escritor, desde objetos pessoais, como livros, sua escrivaninha e óculos, até seus restos mortais, sob uma oliveira!

Além disso, nesse espaço acontecem exposições, cursos, debates, tudo sobre a vida do escritor ganhador do Nobel de literatura.

Para informações sobre preços e horário de funcionamento, clique aqui.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, igreja Santa Maria de Belém, Padrão dos Descobrimentos, casa dos Bicos, Fundacao Jose saramago

Frente da Casa dos Bicos

PALÁCIO NACIONAL DA AJUDA

Acabei não indo nesse palácio, mas deve valer a pena, pois foi construído para manter a família real segura após o grande terremoto do século XVIII, já que fica no alto de uma colina, numa área menos afetada caso houvesse outro terremoto.

O Palácio Nacional da Ajuda nunca foi finalizado (até hoje!), mas o rei de Portugal, traumatizado com o terremoto de 1755, quis mudar mesmo assim, o que rendeu o apelido de “real barraca”.

E não adiantou muito, pois pouco tempo depois pegou fogo  ! Mas fato é que esse palácio testemunhou grandes acontecimentos da história que por si só justificam a visita, como a invasão do Napoleão Bonaparte e a consequente fuga da família real portuguesa para o Brasil! Foi desse palácio que eles fugiram para cá, começando toda a bagunça da nossa história, rs!

Para informações sobre preços e horário de funcionamento, clique aqui.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, igreja Santa Maria de Belém, Padrão dos Descobrimentos, Palacio Nacional da Ajuda

Foto de visitportugal.com

REGIÃO DE BELÉM

Tudo aquilo que estudamos na escola, sobre Portugal se lançar ao mar para encontrar um caminho para as Índias e acabar na América do Sul começou aqui, e por isso é super legal visitar essa parte de Lisboa. Foi de Belém que saíram as caravelas que dominaram os sete mares e descobriram países, ilhas, continentes, incluindo o Brasil. História pura!

Nas margens do rio Tejo, Belém guarda três atrações principais: o Mosteiro dos Jerônimos, a Torre de Belém e o Padrão dos Descobrimentos. Esses três monumentos são muito importantes, pois representam a era de conquistas marítimas de Portugal, quando o país foi pioneiro e se destacou nas Grandes Navegações, formando um império gigante. Com exceção da Torre de Belém, foram construídos para imortalizar esse período de glória.

As três atrações devem ser visitadas no mesmo dia, pois ficam um pouco afastadas do centro de Lisboa (uns 5 km). Ah, e o famoso “pastel de Belém” também fica por aqui, mas vou falar dele na parte de comes e bebes!

Além dos monumentos, é uma linda região para assistir ao pôr do sol na beira do Tejo, com vista para a ponte 25 de abril (parecida com a Golden Gate e Bay Bridge, em São Francisco), e para o Cristo Rei deles (de longe parece o Cristo Redentor do Rio)! Se o passeio rolar comendo um pastelzinho de Belém então, melhor ainda!!! 

* Existe uma escadaria subterrânea que possibilita a travessia da avenida que separa o Padrão dos Descobrimentos do Mosteiro dos Jerônimos. Você não precisa andar até alguma das pontes para ir de um ao outro, basta acessar essa escadaria.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente, ponte 25 de abril

A ponte 25 de abril e o Santuário Nacional de Cristo Rei ao fundo do lado direito

MOSTEIRO DOS JERÔNIMOS

O Mosteiro dos Jerônimos, patrimônio da UNESCO, foi construído a mando do rei D. Manuel I para homenagear e perpetuar a chegada do navegador Vasco da Gama às Índias, representando o poder e a glória da época. Por isso é um edifício imponente e suntuoso, de uma arquitetura que impressiona! Ali estão sepultados Vasco da Gama e Camões (que dizem estar também no Panteão, como já disse…).

Além do mosteiro em si, com suas várias salas, é possível visitar o Museu Nacional de Arqueologia e a igreja Santa Maria de Belém, que também faz parte do complexo e é lindíssima. Aliás, para quem vai visitar só a igreja, não se paga nada.

Para informações sobre preços e horário de funcionamento do complexo, clique aqui.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, Mosteiro dos Jerônimos

Mosteiro dos Jerônimos por fora

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, Mosteiro dos Jerônimos

Mosteiro dos Jerônimos por dentro

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, Mosteiro dos Jerônimos

Mais azulejos!

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, igreja Santa Maria de Belém

Igreja Santa Maria de Belém

TORRE DE BELÉM

Acho que o maior ícone de Lisboa, declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO em 1983, a maior testemunha da era dos descobrimentos!

Antigamente era circundada por água e funcionava como uma torre de defesa. Aos poucos incorporou-se à terra firme e passou a ser usada como registro aduaneiro, farol e até prisão política. Hoje é uma das maiores atrações turísticas da cidade e está sempre lotada! Por isso, se quiser entrar na Torre, aconselho chegar antes do horário de abertura.

Ah, e cuidado com as vendedoras ambulantes que ficam por ali. Nunca vi nada mais insistente na vida. Se não quiser comprar não dê bola de jeito nenhum, do contrário elas vão te seguir por horas…

Para informações sobre preços e horário de funcionamento, clique aqui.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, igreja Santa Maria de Belém, Torre de belém

Em setembro de 2016

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, igreja Santa Maria de Belém, Torre de belém

Em outubro de 2017. Olha a fila para entrar!

PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS

Esse monumento em forma de caravela estilizada, foi inaugurado em 1960 para homenagear o Infante D. Henrique, um nobre navegador, peça fundamental do início das Grandes Navegações. Possui uma estátua do Infante segurando uma caravela na ponta, e outras de grandes nomes que participaram de alguma forma da história das Grandes Navegações, como Pedro Álvares Cabral e o escritor Camões.

Eu não entrei, mas é possível subir no monumento e ter uma ampla visão do Tejo, da Torre de Belém, do Mosteiro dos Jerônimos e da rosa-dos-ventos de mármore que tem no chão na parte detrás, que foi um presente do governo sul-africano.

Para informações sobre preços e horário de funcionamento, clique aqui.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, igreja Santa Maria de Belém, Padrão dos Descobrimentos

O monumento todo

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, igreja Santa Maria de Belém, Padrão dos Descobrimentos

Close nas estátuas. A primeira, o Infante D. Henrique.

MUSEU DO AZULEJO

Nada mais típico em Portugal do que azulejos, né? Eles estão por toda parte, e como são lindos! Queria muito ter visitado esse museu, mas não deu, ficou pra próxima visita à Lisboa (tudo indica que ano que vem! )!

O Museu Nacional do Azulejo guarda peças que representam a evolução da cerâmica e do azulejo no país e, portanto, contam a história de Portugal. Dizem que é lindíssimo!

Para informações sobre horário de funcionamento e preços de entrada atualizados, clique aqui.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa

Foto de um prédio qualquer. Tem muuuuitos prédios assim em Portugal, inteirinhos de azulejos!

CENTRO DE COMPRAS COLOMBO

Essa dica vai para quem estiver em Portugal na época de fazer enxoval de bebês, como eu coincidentemente estava.

Eu já tinha essa viagem marcada quando engravidei. Não estava a fim de ir para os EUA nem para passear, e nem para fazer compras em 2017, então dei uma pesquisada e vi que os preços de Portugal se assemelhavam aos de Miami. Daí resolvi trazer algumas coisas de Lisboa, já que estaria por lá com os meus pais. E com 6 malas de 32 kg (as regras ainda não tinham mudado)! Dava para fazer a festa!

O shopping tem uma ala com um corredor só de lojas de artigos de bebê. E tem de tudo, com preços e qualidade variadas. Tem algumas lojas mais finas, como Mayoral, Metro Kids, Naturapura, Laranjinha, para roupas mais arrumadinhas, e tem marcas mais populares espalhadas pelo shopping, como Zara, H&M e Primark, para roupinhas do dia a dia.

Na Primark você encontra de tudo: desde roupinhas até toalhas, pijamas, lençóis, paninho disso, paninho daquilo, sapatinhos. Tudo simples, mas com boa qualidade. Para comprar carrinhos e apetrechos necessários para o bebê (aprendi que isso se chama puericultura, rs), tem algumas lojas como a italiana Chicco e a Totikids. Sinceramente eu foquei mais em roupas, então não sei dizer se essas lojas tem tudo que você vai precisar ou uma grande variedade de modelos de babás eletrônicas, carrinhos, cadeirinhas e demais apetrechos!

Aprendi que tem certas miudezas que não compensa trazer de fora, ou porque você nem sabe se vai usar, ou porque os preços não são tão diferentes dos daqui do Brasil. Exemplos: chupetas, cremes da Mustela, pomadas, pote de misturar pó de leite e mais mil coisas que nem sabia que existia (é muito detalhe!!).

Essas coisas pequenas estão aos montes nas zilhares de listas de enxoval que caem no seu colo, sendo que não vale a pena carregar peso em itens que custam quase a mesma coisa aqui no Brasil. Ainda mais que a tendência daqui para frente é pagar pelas malas despachadas nos voos. Alguns trambolhos também não valem a pena pelo preço e pelo perrengue para transportar, como tapete educativo, por exemplo.

Em resumo, acho que vale a pena trazer itens mais caros, que você tem certeza que economizará, como carrinho, acessórios do carrinho, bebê conforto, babá eletrônica e roupas (porque em quantidade fica caro). Foi o que escolhi fazer, apesar de não ter comprado nem o bebê conforto e nem a babá eletrônica em Lisboa (não deu tempo de pesquisar como deveria e deixei para lá).

Se você for seguir à risca as listas de enxoval que vai receber ou as sugestões das vendedoras desses tipos de loja, vai ficar louca e comprar muito além do necessário. Se for seguir alguma lista, que seja a de alguma amiga prática, que não gosta de desperdício, porque esse mundo de enxoval de bebê é que nem festa de casamento, o céu é o limite!

Mas antes de viajar, pesquise quanto custa cada produto da sua lista aqui e no lugar para onde você for, e veja o que realmente compensa para você, afinal, no Mercado Livre tem de tudo, rs.

No mais, esse shopping tem todas as outras lojas de adultos que encontramos por aí, com exceção das marcas de luxo. O que achei ótimo é que você pode pegar um carrinho de supermercado no térreo para ir guardando todas as sacolas (tem que colocar uma moedinha de 1 euro para liberar o carrinho). Mas aí você tem que ter alguém te acompanhando para esperar do lado de fora das lojas. Meu pai sofreu, coitado! Ficamos 15 horas dentro do shopping, mas também, comprei tudo em apenas um dia (fechava à meia noite, outro ponto positivo!)!!!

Ah, e no final de cada compra não se esqueça de pegar o formulário do tax refund na loja! Vale a pena porque você vai comprar itens caros ou roupinhas em quantidade, o que no final soma uma quantia considerável que você pode reaver.

No aeroporto de Lisboa é meio chatinho para fazer o procedimento do tax refund. Você tem que fazer primeiro o check in, mas sem despachar as malas, explicando para a cia aérea que você tem imposto a receber. Depois, você corre para a alfândega, onde eles carimbam seus formulários e despacham as malas por lá mesmo (eu queria embalar naqueles plásticos protetores, então voltei no check in da cia aérea para despachar por lá, depois de ter os formulários carimbados e as malas embaladas – mas tive que explicar tudo isso tanto na alfândega quanto na cia aérea).

O terceiro passo foi passar pelo raio X e imigração para, somente lá dentro, encontrar os quiosques da Global Refund e Tax Refund para retirar o dinheiro ou pedir para que os créditos fossem para o cartão de crédito (a Global Refund ainda te pede para retirar o dinheiro num banco).

Ou seja, se tiver imposto para reaver, vá para o aeroporto com pelo menos uma hora a mais da antecedência já prevista, pois é um corre corre para cá e para lá. Não é nada prático!

Para ver o endereço, as lojas e horário de funcionamento do shopping, clique aqui.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, centro de compras Colombo

O Shopping por fora

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, Centro de compras Colombo

E por dentro

ESTÁDIO DO BENFICA

Essa dica vai para quem gosta de futebol. É possível visitar o estádio do Benfica, um dos mais aclamados times de Portugal, bem como o seu museu, que conta toda a história do time e suas conquistas. Fica do ladinho do Centro de Compras Colombo. Ótimo passeio para quem não tem paciência de esperar o parceiro fazer compras !Devia ter mandado meu pai para lá, heheheh!

Para informações como preços de entrada e horário de funcionamento, clique aqui.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, Benfica

Foto de slbenfica.pt

PARQUE DAS NAÇÕES

Esse é um bairro novo, que surgiu há quase 20 anos para sediar a Expo 98, quando o tema era “Os oceanos: um patrimônio para o futuro”. O governo transformou uma área degradada em um lugar moderno, super funcional e agradável. Só que, para quem vai para Lisboa à turismo, é meio contra mão, pois fica muito longe dos bairros tradicionais (perto do aeroporto). Por isso, recomendo visitar essa parte só se tiver tempo sobrando na cidade.

Tenho amigos que estão morando lá e eles disseram que a estrutura é ótima, com muitos edifícios comerciais e residenciais, restaurantes, o Shopping Vasco da Gama, praças com obras de arte, esculturas, jardins, um calçadão na beira do Rio Tejo mara para passear, etc. Eles não precisam sair para o centro para nada. Além do que, o bairro é todo plano, ao contrário do resto de Lisboa.

Para o turismo, se destacam um teleférico, que dá uma ampla visão de todo Parque das Nações, e um oceanário (não curto). Dei um pulo nessa região um dia à noite só para comer uma pizza com esses amigos, então não posso dizer que conheciiii. Mas para quem se interessar em ver uma parte diferente de Lisboa, fica a dica!

O que vi e gostei muito foi a estação de trem Oriente que fica nesse bairro. Uma verdadeira obra de arte, principalmente se vista de longe (super futurística, até lembra um pouquinho o Gardens by the Bay em Singapura!).

Informações sobre o oceanário, clique aqui. Informações sobre o teleférico, clique aqui.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Foto da prima Ale Matteo

PASSEIO NO ELÉTRICO 28

O elétrico número 28 faz uma rota considerada turística, pois passa por diversos pontos históricos e importantes de Lisboa, como pela Praça Luis de Camões, pelo bairro de Alfama, pelo Castelo de São Jorge, pelo Miradouro Portas do Sol, pelo Chiado, pela Baixa Pombalina, etc. O bilhete custa cerca de 3 euros e você compra diretamente com o motorista (não sei como chama motorista de bondinho, rs).

O difícil é pegar vazio porque ele é realmente usado como meio de transporte pelos lisboetas, não serve só para turistas, não. Uma dica é pegar no ponto final, no ponto Campo de Ourique.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Olha ele! Passava bem na rua do apartamento que ficamos no Combro! Essa foto é da minha janela.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Conseguimos!

SHOW DE FADO

Esse estilo musical que hoje é Patrimônio Cultural e Imaterial da Humanidade (UNESCO), tem suas origens nos cânticos dos mouros. Geralmente é cantado por uma pessoa só, acompanhada de dois tipos de guitarra. As músicas são melancólicas e exprimem tristeza, amargura pelas dificuldades da vida, mas induzem esperança. Tinha isso na cabeça e até queria assistir a um show, mesmo sabendo que se ouve em total silêncio, em respeito aos artistas.

Pedimos indicação a alguns portugueses e a primeira opção era no restaurante São Miguel D´Alfama (almocei nesse restaurante na minha primeira vez em Lisboa, falo na parte de comes e bebes), mas era uma segunda-feira e nesse dia não tem fado. Disseram que nesse restaurante não era “tourist trap”.

Partimos para a segunda opção: Porta D´Alfama, totalmente “pega-turista”, mas muito divertido por outro lado. A dona do restaurante é completamente doidinha, ela serve, canta, dança, conversa com todo mundo e não te deixa ir embora! No dia em que estivemos lá, estava passando o jogo Portugal x Suíça para classificar para a Copa do Mundo de 2018. Ela beijava o Cristiano Ronaldo na televisão, parava de cantar quando era gol de Portugal, uma festa!

Até teve um pouco de fado melancólico, mas a maior parte das músicas eles adaptaram e eram todas alegres. Fizeram cada um dos turistas cantar músicas típicas dos seus países. O mais engraçado foi ver um japonês bêbado que depois da primeira música não quis mais parar de cantar em japonês, rs… fado que é bom, vi muito pouco.

Então já sabem: se quiser ver fado autêntico, tentem o restaurante São Miguel D´Alfama. Se quiserem algo mais divertido, reservem o Porta D´Alfama. Ah, e todos tem que reservar com antecedência, pois em Alfama todos os restaurantes são super pequenos.

E para quem se interessar por um programa mais cultural, tem o Museu do Fado que conta a história dessa arte através de meios audiovisuais, acervo documentais, coleções discográficas, fotografias, filmes, adereços, instrumentos e outros objetos.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Porta D´Alfama por dentro. Bem pequenininho

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Lisboa apresenta muitas opções de bate e volta. Se você tiver mais do que três dias inteiros na capital, vale a pena escolher alguns lugares para conhecer nos arredores. É possível ir de trem para muitos deles (comboio, como eles chama lá), mas para outros é melhor alugar um carro.

Algumas sugestões: Sintra (30 min de carro), Cascais/Estoril (30 min de carro), Fátima/Nazaré/Peniche (1hr 20 min de carro), Évora (2horas de trem) e Óbidos (2h 30min de tem). Conheci quase todos esses lugares e logo mais farei posts sobre cada um.

Para ver os horários e itinerários dos comboios, acesse o site da CP Comboios aqui.

Para aluguel de carros uso sempre a Rentalcars.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Óbidos!

Todo mundo sabe que em Portugal se come muito bem. Até demais da conta! Seja num restaurante tradicional ou numa tasca (estabelecimento pequeno para petiscos), você sempre vai encontrar boas opções com preços bem melhores que em outros países da Europa, como França e Itália.

O país não é grande, mas cada região tem várias especialidades, o que te apresenta uma variedade interminável de pratos. Cada hora aparece algo novo para provar, e tudo delicioso. Assassinar a dieta e enfiar o pé na jaca é inevitável!!!! Que culinária rica, meu Deus!!

E claro que em Lisboa você encontra pratos de TODAS as regiões de Portugal, como os vários tipos de bacalhau (à Gomes de Sá, à Lagareiro, à Brás…), alheira, francesinha, caldo verde, queijo da Serra da Estrela, pastéis de bacalhau (para nós, o bolinho de bacalhau), sardinhas assadas, arroz de pato, polvo à lagareiro, etc.

Não podemos esquecer dos milhares de doces encontrados nas “pastelarias”, sempre com muito ovo: pão de ló, pastel de nata, queijadinhas, ovos moles de Aveiro, arroz doce, salame de chocolate, torta de azeitão e por aí vai… a lista é infinita e irresistível!!!

Alguns pratos típicos lisboetas são: caracóis, pipis (miúdo de galinha com molho de tomate), “iscas com elas” (iscas de fígado de porco), favas, peixinhos da horta (feijão verde empanado), ovos verdes (ovos temperados, empanados e fritos). De sobremesa, os famosos pastéis de Belém!

Isso sem falar no azeite português e nos vinhos, que mereceriam um capítulo à parte se eu entendesse do assunto, hehehehe.

A maioria dos restaurantes são simples, sem pompa. E isso que é legal de lá, parece que você está sempre almoçando ou jantando na casa da avó, sabe? Na minha lista você vai encontrar de tudo: restaurantes mais simples, mais sofisticados, de cozinha portuguesa tradicional, de cozinha portuguesa com influência internacional, com vista, sem vista, restaurantes que experimentei, e outros que não deu tempo, mas que já deixei registrado para a próxima vez.

Ah, também separei alguns de outras nacionalidades, pois de vez em quando tive que dar um brake na culinária portuguesa, afinal fiquei no país mais de 15 dias e, por mais que eu goste de bacalhau, chega uma hora que não dá mais !

COMIDA PORTUGUESA PARA ALMOÇO/JANTAR OU PETISCOS
MERCADO DA RIBEIRA/TIME OUT MARKET LISBOA 

Não é bem um restaurante, mas reúne dezenas de ótimos restaurantes numa espécie de praça de alimentação modernosa. É um passeio imperdível no bairro do Cais do Sodré, nem que seja só para petiscar um bolinho de bacalhau e um pastel de natas (mas duvido, você vai querer muito mais do que isso!)! Além disso, tem lojas de vinhos e de produtos típicos portugueses, como um quiosque da fantástica loja “A Vida Portuguesa”.

O Mercado da Ribeira existe desde 1800, como um mercadão comum de vegetais, carnes, futas, flores e hoje foi revitalizado para algo inusitado (e bem mais legal!). Ainda existe essa parte comum vendendo esses itens tradicionais, mas o destaque é o outro lado, que foi totalmente renovado pela marca editorial Time Out, quando uma equipe de “curadoria” de críticos e jornalistas selecionou mais de 40 estabelecimentos de diferentes categorias gastronômicas para estarem ali.

Ao todo são 24 restaurantes e 8 bares estrelados, a maioria de culinária portuguesa e muitos assinados por chefs renomados, como Miguel Laffan, Miguel Castro e Silva, Susana Felicidade e muitos outros que possuem restaurantes concorridíssimos espalhados pela cidade (ótima oportunidade para provar pratos maravilhosos por preços mais acessíveis).

Muitos restaurantes e estabelecimentos premiados conquistaram um espacinho no mercado, como Sea Me, Manteigaria Silva (para pastéis de nata) e Santini (para gelatos).

As mesas são comunitárias (umas altas e outras normais) num espaço super agradável, onde você tem que pedir sua refeição no balcão do restaurante escolhido. Nos horários de pico lota e fica meio difícil de achar lugar para sentar. O mercado fica aberto até meia noite, e de sábado, até às duas da manhã, ótimo para fugir dos horários mais concorridos ou passar ali depois de uma baladinha.

Uma ideia é começar seus dias em Lisboa por aqui, onde zilhares de especialidades portuguesas estão reunidas. Assim, você pode conhecer melhor a culinária local, para já chegar sabendo o que escolher nos outros lugares nos próximos dias.

Eu amei esse lugar e com certeza volto toda vez que passar por Lisboa!

Para mais informações e para ver a lista de todos os restaurantes do mercado, clique aqui.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente, Time Out Market Lisboa, Mercado da Ribeira

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente, Time Out Market Lisboa, Mercado da Ribeira

A LICORISTA E O BACALHOEIRO

Esse é daqueles restaurantes bem tradicionais, perto da Rua Augusta, onde é cheio de “tourist traps“. Sem frescuras, serve vários tipos de bacalhau a preços razoáveis. O atendimento é corrido, mas nada que estrague. Gostamos dos pratos, mas nada de excepcional.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Meu bacalhau com batatas ao murro e brócolis

CANTINHO DO AVILLEZ

Localizado no Chiado, é comandado pelo renomado chef José Avillez, que já ganhou duas estrelas do Guia Michelin. O ambiente é acolhedor e a cozinha, simples, mas sofisticada, é de inspiração portuguesa com toques internacionais.

Comi um bacalhau maravilhoso com azeitonas explosivas, que nada mais eram do que azeitonas moleculares. Ao colocar na boca elas explodiam, soltando um líquido com sabor de azeitonas. Adorei, recomendo muito!

É melhor fazer reserva. Para reservas e mais informações, clique aqui.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente, cantinho do avilez

Entrada com direito à manteiga com perfume de trufas e um queijo da Serra da Estrela derretido que estava maravilhoso!

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente, cantinho do avillez

Bacalhau com as azeitonas explosivas! Não espete com o garfo! Pegue “por baixo”.

MUSEU DA CERVEJA

Nas arcadas da Praça do Comércio, a filosofia desse restaurante é: “onde há cerveja há apetite, há comida elaborada, há petisco”. No primeiro andar há um acervo histórico acerca da cultura cervejeira. O salão interno é lindo e é ali que fica o painel cheio de cervejas da foto abaixo. Tem mesas externas também, com vista para o Tejo.

Vale tanto para petiscar quanto para ter uma refeição completa, acompanhada de uma bela cervejinha, para quem curte (não sei indicar qual, pois não gosto e não entendo nada de cerveja). Comi um atum delicioso com purê de batata e brócolis aqui, mas destacam-se o bacalhau de coentrada e o polvo à lagareiro.

Não deixe de provar o pastel de bacalhau com queijo da Serra da Estrela. Se bolinho de bacalhau já é bom, imagina recheado de queijo!!

 Para reservas e informações, clique aqui.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente, museu da cerveja

Painel com cervejas do mundo todo

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente, museu da cerveja

Atum com purê e brócolis, muito bom!

CAFÉ MARTINHO DA ARCADA

Fica nas arcadas da Praça do Comércio e é famoso por ser o restaurante mais antigo de Lisboa (de 1782), além de ter sido muito frequentado por Fernando Pessoa (ele tinha uma mesa cativa).

O café/restaurante mantém a tradição e aposta nos pratos típicos portugueses, como os pastéis de bacalhau, peixinhos da horta, amêijoas à “Bulhão Pato”, arroz de pato, bacalhau à lagareiro e bife à Martinho. Se preferir, pode apenas petiscar também.

Para reservas e informações, clique aqui.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente, martinho da arcada

Não experimentei, ficou para a próxima!

SÃO MIGUEL D´ALFAMA

Como o nome já diz, esse restaurante fica em Alfama e a culinária é portuguesa tradicional. Tem dois andares e cada salão é decorado de um jeito, o primeiro é com essas cores fortes, bem portuguesas, e o outro parece mais a sala da vovó. Comi um bacalhau com salada simples e gostoso aqui. À noite tem apresentações de fado, como quase todo restaurante em Alfama. E dizem que aqui o show é autêntico, mas não acontece às segundas.

Para maiores informações e reservas, clique aqui.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Salão bem português! Olha o monte de sardinha pendurada!

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

O fado deve rolar nesse salão…

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Bacalhau delícia!

CLUBE DO BACALHAU

Esse restaurante fica no bairro Cais do Sodré, um bairro legal para sair à noite, pois é cheio de restaurantes e bares também (mais espalhados que no Bairro Alto, onde estão bem concentrados). A entrada fica numa viela estranha, bem feia, mas por dentro é bem legal, parece uma caverna! Tudo que experimentei estava gostoso.

Tem uma proposta mais moderna, mas tudo gira em torno do bacalhau. Tem até hambúrguer do peixe, e um petisco chamado “punheta de bacalhau”  (parece que lá isso não é palavrão)!!

Para reservas e informações, clique aqui.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

O salão parece uma caverna e a entrada do restaurante fica num lugar feio, não se assuste rs!

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Espécie de folhado de queijo de cabra com salada (entrada) porque não tirei foto do bacalhau rs…

ORGANI CHIADO

Comida orgânica, fresca e saudável! Fui nesse restaurante na minha última noite em Lisboa, quando meu organismo estava gritando por algo leve, depois de mais de 40 dias de viagem comendo de tudo e mais um pouco por diferentes países!

Localizado no Chiado, é para os naturebas de plantão! O cardápio muda constantemente, pois funciona com ingredientes biológicos, sazonais. A base é portuguesa, de alimentação macrobiótica, ou seja, pratos saudáveis e naturais! Aprovadíssimo!

Tive dificuldade de achar, pois fica escondidinho numa escadaria enorme do Chiado.

Para mais informações, clique aqui.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente, organi chiado

Comida mais leve… ufa!!!

FILETES

Essa dica vai para quem for no Centro Comercial Colombo fazer umas comprinhas e almoçar ou jantar por lá. O shopping tem uma praça de alimentação gigante e, dentre tantos restaurantes, escolhemos esse.

O que chamou a atenção foi o arroz e feijão e uma sopa de legumes de entrada! Eu já estava viajando há mais de um mês, morrendo de saudades da nossa comidinha caseira! Claro que o arroz com feijão deles é diferente do nosso, mas estava uma delícia. A sopinha de legumes, então… huuummm!!! E o peixe também estava muito bom!

Comida bem caseira numa praça de alimentação, um achado!

 Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Arroz com feijão purtuguex!!!

LISBOA RIO

Esse lugar fica na beira do rio na parte das docas, na região do bairro Cais do Sodré. O ambiente é moderninho e bem decorado, com uma vista linda para o Tejo.

Chegamos numa hora em que não era mais possível pedir pratos, mas apenas alguns itens do cardápio, que se limitavam à saladas e sanduíches. Comi uma salada de queijo de cabra com mel bem gostosa, mas vinha pouco. O restante do pessoal pediu sanduíches e também eram pequenos.

Não sei como são os pratos, mas vale para beber e petiscar algo no fim da tarde, com vista para o Tejo. Não voltaria para almoçar e nem arriscaria jantar.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Vista linda!

PHARMÁCIA

Esse restaurante deixou meu lado hipocondríaco aguçado, rs…

Duas renomadas chefs portuguesas, chamadas Tânia Martins e Susana Felicidade, criaram um conceito de petiscos e menus degustação de culinária portuguesa para surpreender! Esse restaurante inusitado fica no edifício da Associação Nacional de Farmácias, no bairro do Combro, com uma decoração que remete ao estilo dos antigos consultórios médicos, cheios de armários de farmácia com medicamentos.

Além da experiência, digamos assim, polêmica, rs, você pode curtir uma vista linda para a praça de Santa Catarina!

É claro que você será questionado se sofre de alguma alergia ou algum problema relacionado à alimentação. Acho que nesse restaurante não tem risco de comer algo estragado e ter uma intoxicação alimentar, né?! Não resisti à piadinha idiota, rs…

Foto de www.lisboacool.com

TAVARES

Esse é para aquele jantar romântico!

Começou em 1784, com função de boteco, ou seja, os clientes frequentavam para beber e conversar entre amigos.

Com o passar do tempo virou um local de encontro para se discutir política, onde os clientes eram muito bem recebidos e atendidos pelos irmãos Tavares. Até que no século XIX, um empresário chamado Vicente Caldeira mudou o conceito e quis fazer desse local o restaurante mais chique restaurante de Lisboa.

E conseguiu! Hoje é um restaurante super requintado no bairro do Chiado, de cozinha portuguesa contemporânea e inspiração francesa. Serve pratos à la carte e também menus degustação.

Para informações e reservas, clique aqui.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Foto de restaurantetavares.net

A TRAVESSA

Num ambiente requintado, porém informal, fica num antigo Convento do século XVIII do bairro da Lapa e serve pratos tradicionais portugueses com influência internacionalA recomendação é reservar uma mesa no claustro, mas, se estiver frio, reservar uma mesa próxima à lareira na sala interna.

Para informações e reservas, clique aqui.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Foto de atravessa.com

ALFAIA RESTAURANTE

O lema é “boa comida e melhores vinhos”. No coração do Bairro Alto, mistura tradição e modernidade. Destacam-se receitas regionais, como a Vitela Maronesa, o Polvo à Lagareiro, as Pataniscas com Arroz de Feijão ou o Bacalhau à Braz, e muito peixe fresco, além de receitas de cozinha internacional.

Para informações e reservas, clique aqui.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Foto de restaurantealfaia.com

PRIMAVERA DOS JERÔNIMOS

Localizado no Bairro Alto, apresenta provérbios em azulejos nas paredes, que entretêm os clientes. Depois de jantar aqui, já dá para emendar uma noitada pelo bairro!

A cozinha é tradicional portuguesa, com destaque para as pataniscas de bacalhau com arroz de feijão, os linguadinhos fritos com açorda, as pescadinhas fritas com arroz e salada, o arroz de polvo e a costeleta de vitela grelhada.

Para informações e reservas, clique aqui.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Foto de tripadvisor.com

BISTRÔ 100 MANEIRAS

O que não falta nesse restaurante localizado no Chiado é irreverência e criatividade. O nome já é um trocadilho, e a foto da página inicial do site são dois chefs mortos no chão com uma faca ensanguentada ao lado (de molho de tomate, claro!). Os pratos parecem peças de arte!

Tudo isso é obra do chef Ljubomir Stanisic, nascido em Sarajevo e criado em Belgrado, na Sérvia. A ideia é provocar e estimular os sentidos e a imaginação, colocando criatividade nos pratos de cozinha internacional fusionados com a culinária portuguesa. O 100 Maneiras é o primeiro restaurante a servir menu degustação a preços democráticos.

Para informações e reservas, clique aqui.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Foto de 100maneiras.com

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Foto de 100maneiras.com

BICA DO SAPATO

Esse merece ser visitado durante o dia, no almoço, pois fica bem de frente para o Tejo, com uma vista linda! Ou num fim de semana para um cocktail, quando toca um DJ.

Situado num antigo edifício portuário, o ambiente é sofisticado, comandado pelo famoso chef Alexandre Silva e serve comida portuguesa com toques internacionais criativos, além de sushi.

Para mais informações e reservas, clique aqui.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Foto de thefork.com.br

AQUI HÁ PEIXE

Se você gosta de peixe, precisa conhecer o Aqui Há Peixe, no Chiado. O chef já teve restaurante em Búzios e em outros lugares de Portugal.

Além da especialidade da casa, os peixes super frescos, tem muitas opções com frutos do mar no cardápio e até picanha! Lembranças dos tempos no Brasil!

Para informações e reservas, clique aqui.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Foto de lisboaconvida.com.pt

O CANTINHO DA RUTE

Essa tasca fofíssima e bem pequenininha fica no bairro de Alfama e é ideal para uma pausa nas andanças pelo bairro, para tomar um vinho, comer um bolinho de bacalhau e outros petiscos. Aqui aprendi que os portugueses comem o pastel de bacalhau frio. Não pode esquentar, se não, perde o sabor!

O atendimento é excelente, feito pelos próprios donos, que são super simpáticos e adoram bater papo. Essa foi uma dica preciosa de um português, e recomendo muito!

Não consigo achar essa tasca no Google Maps e também não tem site na Internet, então pergunte para alguém em Alfama! Certamente algum português irá te direcionar!

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Esse queijo da Serra da Estrela com mel era sensacional!

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Family!

CASA PORTUGUESA DO PASTEL DE BACALHAU

O nome já diz tudo! Aqui a especialidade é o pastel de bacalhau! E o destaque é o pastel de bacalhau recheado com queijo de ovelha. É o mesmo que é servido no Museu da Cerveja (são os mesmos donos). Simplesmente delicioso! Fica na Rua Augusta.

Para mais informações, clique aqui.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

RESTAURANTES DE OUTRAS NACIONALIDADES
DAMA E VAGABUNDO PIZZERIA

Nada como um simples spaghetti com molho de tomate de vez em quando, né? Eu estava precisando! Esse restaurante serve massas e pizzas simples e gostosas, e vale para um almoço rápido como fizemos. É prático, pois fica no burburinho, numa rua de pedestres paralela à Rua Augusta, com mesinhas na calçada.

Para mais informações, clique aqui.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Entrada de queijo de cabra com mel e nozes! Amo!

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Spaghetti simples e gostoso com legumes!

PIZZARIA LUZZO

Com dois endereços em Lisboa, essa pizzaria é uma ótima escolha. Fui jantar com os amigos da foto que estão morando na cidade e adorei.

O ambiente é descontraído e moderno, com tablets nas mesas para fazer os pedidos. A pizza é muito gostosa, com uma massa finíssima e ingredientes de qualidade. Recomendo!

Para mais informações, clique aqui.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Botando o papo em dia, esqueci de tirar foto da pizza…

CHIPIE LA GALETTE

Essa crêperie fica numa pracinha simpática no bairro do Combro, na esquina do apartamento que alugamos. De cozinha francesa da região da Bretanha, serve galettes, que nada mais são do que crepes feitos de trigo sarraceno. Os donos são franceses e buscam os ingredientes na própria Bretanha, ou seja, sabor da França mesmo!

As galettes vem acompanhadas de salada e tem algumas opções doces. A minha era de queijo de cabra com mel e nozes, delicioso (perceberam que amo isso, né?!)!

Sente numa mesinha na calçada e peça uma sidra frutti ou brut para acompanhar, como manda a tradição!

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Delícia de crepe e de lugar!

PAVILHÃO CHINÊS

Essa dica é para beber! Esse bar (ou seria um museu?), composto de cinco salas, é decorado de uma forma bem diferente. Miniaturas e peças de arte do século XVIII ao século XX colecionadas por Luís Pinto Coelho, o proprietário, compõem o cenário.

Do nada, duas mesas de bilhar. Tudo isso atrai lisboetas e turistas que bebem chás, vinhos do Porto e coquetéis. Para comer, só tem sanduíches. Não fui, mas gostaria muito de ter ido.

Dá um google para ver fotos desse lugar, vale a pena!

Foto de lisboacool.com

PARA SOBREMESAS – CAFÉS, PASTELARIAS, PADARIAS, SORVETERIAS E AFINS

Difícil pensar em Portugal e não pensar nos doces portugueses! Lá eles chamam as docerias de pastelarias, e tem uma a cada esquina para colocar a sua força de vontade à prova!

Pastel de nata, tarte de amêndoa, torta de azeitão, sericaia, brisa do Liz, salame de chocolate, travesseiro de Sintra, queijada de Sintra, de Évora, ovos moles de Aveiro, pão de ló, guardanapo, são poucos exemplos da lista infinita que te espera! Sempre com muuuuito ovo!

Vamos a algumas pastelarias que experimentei e outras que não deu tempo! Ah, e vamos também à estabelecimentos com outras guloseimas, para não explodir o colesterol, rs!

PASTÉIS DE BELÉM

Não podia começar a lista por outro item! Os pastéis de nata estão para Portugal assim como os gelatos estão para a Itália. Só que na região de Belém, em Lisboa, existe esse estabelecimento onde os pastéis de nata são chamados de Pastéis de Belém.

E não chame os pastéis de nata de outros lugares de Pastéis de Belém, percebi uma certa agressividade quando fizemos isso sem querer, rs… acho que eles não gostam.

Mas enfim…, apesar de muitos portugueses dizerem que esse nem é o melhor, que é mais fama que outra coisa, não se pode ir à Lisboa e não prová-lo. A curiosidade era enorme para experimentar, e a primeira vez tinha que ser nesse lugar, que existe desde 1837!

Quando provei na primeira passagem por Lisboa descobri que não curto taaaaanto esse doce (nunca tinha experimentado na vida). Mas soube reconhecer que são muito bem feitos aqui. E eles vem quentinhos, com açúcar e canela para você jogar por cima, o que deixa mais gostoso!!

Fica do ladinho do Mosteiro dos Jerônimos. Você pode sentar (sempre há espera) ou pegar seus pasteizinhos para viagem. Tem uma fila, mas é rápida. Nas duas vezes em que estive lá peguei para viagem e fui comer no parque em frente.

Para mais informações, clique aqui.

É esse lugar aqui! Ali do lado direito é onde se pega para viagem.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente, Pastéis de Belém

Lá dentro, se preferir esperar e sentar.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente, Pastéis de Belém

Saindo do forno! Quentinhos!

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente, Pastéis de Belém

Indo comer no parque, bem mais sossegado!

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Açúcar e canela para deixar mais gordinho!

PASTELARIA ALCÔA

Pensa numa vitrine de doces de encher os olhos de tão linda! Achou! Aqui você fica perdido, não sabe o que pedir! Além da beleza, os doces são caprichados. A maioria contém muito ovo e amêndoa, mas tem outros feitos de outros ingredientes também.

Para ver uma lista com alguns dos doces, clique aqui.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente, pastelaria alcoa

Olha essa vitrine!!!!

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

SACOLINHA PASTELARIA E PADARIA

Criada em 1986, existe em outras cidades de Portugal também. Prove o bolo de brigadeiro ou o croissant açucarado, é maravilhoso!

Para mais informações, clique aqui.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

CONFEITARIA NACIONAL

Em plena Baixa lisboeta, na Rua dos Correeiros, essa pastelaria de 1829 é uma das mais antigas docerias da Europa. Tem mais de 70 tipos de bolo e 60 tipos de doces, tudo feito à mão!!! E para escolher dentre tantas opções, como faz????? Sou geminiana, socorroooo!!

O destaque vai para o bolo-rei, cuja receita é mantida em segredo há anos, mas acabei pedindo um pão de ló com cobertura de chocolate e estava delicioso!!

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

E taca-lhe ovo, rs! Escolha de mamãe pra provar um pouquinho de cada!

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Muito bom esse pão de ló com chocolate também! Molhadinho!!

A PADARIA PORTUGUESA

Trata-se de uma rede de padaria com lojas espalhadas por Lisboa. As lojas são bem bonitas e modernas e vale tanto para tomar café da manhã, quanto para uma parada no meio do dia para um café e um docinho.

Ah, provem também as empadas (tem de frango e espinafre), são muito boas!

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Croissants, empadas, doces, pães, sucos naturais, tudo muito gostoso!!

A LISBOETA

Essa loja foi um achadinho! Fica ao lado do Elevador de Santa Justa e por dentro, simula a arquitetura do elevador, toda de ferro com um estilo fofo. Uma graça!!

Vende tudo quanto é tipo de bolachinhas, balinhas e docinhos decorados, sempre com referências portuguesas. Ótima opção de souvenir para dar de presente. Você pode levar qualquer item que vai fazer uma bela figura (como diz a minha mãe kkkk).

Passe lá nem que seja só para olhar, é tudo lindo!

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Entrada da loja

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Simula o Elevador de Santa Justa

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Tudo muito lindo!

MANTEIGARIA

Outro lugar super indicado para comer o pastel de natas é na Manteigaria. Tem uma loja no Chiado, que é o local mais tradicional, mas tem uma lojinha no Mercado da Ribeira também, se não der tempo de passar na loja.

Aliás, essa marca já abriu filiais aqui em São Paulo, nos Jardins.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Olha o tanto de pastel de nata!

SANTINI

Outro ícone de Lisboa são os sorvetes Santini, que existem desde 1949. E é a mesma coisa da Manteigaria: tem a loja no Chiado e tem uma loja dentro do Mercado da Ribeira, onde você pode provar o sorvete e o pastel de natas de uma só vez, rs.

Provei e aprovei! Muito bom, mas longe de ser o melhor sorvete do mundo, como diz a propaganda, rs.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Doce de leite com framboesa!

Lisboa tem vários bairros legais e tudo fica muito pertinho. Não tem um “centro da cidade” específico, pois tem muitos bairros antigos, tradicionais que dizem fazer parte do centro histórico.

Meus preferidos para se hospedar são: Baixa Pombalina (região da Rua Augusta) e Chiado, porque estão perto de tudo, você faz tudo à pé, sem tanta ladeira pela frente.

Nas duas vezes em que estive na cidade, fiquei hospedada em 3 locais diferentes (2 hotéis e 1 apartamento). Da última vez fiquei no Combro e gostei muito do bairro (não do apartamento). Foi uma experiência muito local, fiquei numa ruazinha cheia de vendinhas antigas e prédios típicos, onde passava o famoso elétrico 28! Mais Lisboa impossível!

Mas atenção! Como Lisboa está cada vez mais na moda, é bom procurar hospedagem com MUITA antecedência. Dessa última vez, procurei uns 3 meses antes (o que me parece razoável) e estava tudo lotado/caríssimo!!! O jeito foi ficar num apartamento mesmo (não gostei e falo adiante).

BROWN´S CENTRAL HOTEL

Esse hotel boutique foi um achado! Fica bem no burburinho de Lisboa, do lado da Rua Augusta, perto do Chiado e do Bairro Alto. A localização é ótima, pois está a 2 minutos da estação de metrô Baixa-Chiado, bem como da Estação Ferroviária do Rossio. 

É pequeno mas muito bem decorado em estilo contemporâneo. As áreas comuns são charmosas e aconchegantes, cheias de cantinhos gostosos para sentar e olhar os livros lindos que eles disponibilizam (aqueles de decoração). O café da manhã é excelente (muitos doces portugueses deliciosos), servido no restaurante do hotel, chamado Brown´s Brasserie (lindo!).

O quarto era pequeno, mas na medida. Destaque para o rádio e telefone, tudo retrô, uma graça! O banheiro é bem limpo e moderno com chão de mármore e amenities de boa qualidade, do jeito que eu gosto!

Estive hospedada aqui na minha primeira vez em Lisboa e recomendo muito! A rede tem mais dois hotéis na cidade que parecem ótimos também.

Para ver o site do hotel, clique aqui.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, Browns Hotel

O quarto

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Banheiro

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Bar e área comum

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Um cantinho mais lindo que o outro com muitos livros interessantes!

THE VINTAGE LISBON

Esse hotel fica mais longe de tudo, mas como em Lisboa o táxi e o Uber são bem baratos, não fez muita diferença.

Fui parar nele na minha segunda vez na cidade, quando fiquei hospedada com a minha família num apartamento por 10 noites. Resolvi ficar uma noite a mais em Lisboa, mas não dava para ficar essa noite adicional no mesmo ap. Tive que procurar um lugar às pressas e Lisboa estava lotaaaaaada! Achei esse hotel e, mesmo que mais afastado, foi uma ótima experiência.

De decoração contemporânea e elegante, é classificado com cinco estrelas. E faz jus, gostei muito. O quarto era amplo com janelões, o banheiro super moderno, com cabines separadas para vaso sanitário e chuveiro (que era excelente). Os amenities eram muito bons!

O café da manhã era variado e tem uma piscina bem bonita no subterrâneo para dar uma relaxada, apesar de pequena.

Para mais informações, clique aqui.

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

Quarto super espaçoso e com pé direito super alto!

Portugal, Lisboa, o que ver em Lisboa, o que fazer em Lisboa, dicas de Lisboa, brasileiros em Lisboa, roteiro Lisboa, quantos dias ficar em Lisboa, tempo em Lisboa, hospedagem em Lisboa, hotéis em Lisboa, Bairro Alto, restaurantes em Lisboa, bares em Lisboa, noite em Lisboa, turismo em Lisboa, pontos turísticos de Lisboa, estação oriente

LISBON INSIDE CONNECT

Esse foi um apartamento que alugamos pelo Booking, pois, como disse acima, Lisboa estava completamente lotada em outubro de 2017, sendo que os hotéis que restaram estavam cobrando diárias surreais (e nem eram tudo isso!!). Cheguei a ver um hotel que se dizia 4 estrelas, por mais de 30mil para 10 noites (não era 4 estrelas nem aqui e nem na China)!!! 

Gostei desse apartamento pelas fotos e comentários do Tripadvisor. Quando cheguei, foi uma decepção só!

Era novinho e moderninho com uma sala grande e uma cozinha americana boa, mas o tamanho dos quartos e do banheiro era ridículo e não condizia com as fotos que vi (e não vi um comentário sobre isso nos reviews, só tinha avaliação boa)!

Não cabia nenhuma mala nos quartos, então tivemos que deixar todas na sala. E obviamente ficar no maior “vai e vem” para tomar banho e se trocar. Não tinha UM espelho no apartamento (só na pia do banheiro).

Outra coisa que nunca vi na vida é um lugar sem NENHUM tipo de apoio para colocar as coisas!!! Não tinha uma mesinha nos quartos para apoiar bolsa, necessaires ou qualquer outro item (nem teria espaço para isso). Não tinha penduradores de nada no banheiro. A pia era daquele tipo que não cabe nada, com um gavetão nada prático abaixo (e difícil de fechar, ainda por cima!).

O box do chuveiro era minúsculo, vazava água e não tinha nenhum suporte para apoiar os itens de banho. Tinha que deixar tudo no chão. Meus pais tem idade e eu já estava com a barriga grande da gravidez, não conseguia ficar abaixando e levantando para pegar shampoo, sabonete, condicionador, etc., um horror!!! Ou seja, o momento do banho virou um martírio.

Para completar, não deixaram ABSOLUTAMENTE NADA no apartamento. Nem água, nem detergente para lavar louça e pouquíssimos rolos de papel higiênico (sendo que ficamos 10 noites). Deixaram um conjunto de toalhas de rosto e banho para cada um. Nunca vi isso em outros apartamentos em que já me hospedei.

Reclamei de tudo isso, mas não adiantou nada. A única coisa que fizeram foi providenciar limpeza na metade da nossa estadia porque pedi indicação de alguém de confiança para dar um jeito no ap. E aí pedi troca de lençóis e toalhas também.

Achei que esse lugar não está NEM UM POUCO preocupado em agradar o hóspede. Falta de delicadeza e capricho!

A única coisa que gostei foi do bairro. Bem típico, com muitas vendinhas, padarias/cafés por perto e relativamente perto de tudo!

Mas não recomendo de jeito nenhum, uma verdadeira BOMBA!! As fotos da Internet enganam demaaaaais!!

Para mais informações e fotos, clique aqui.

Foto do booking.com

Foto do booking.com

Foto do booking.com

INTERNATIONAL DESIGN HOTEL

Não me hospedei nesse hotel, mas ele possui o selo Small Luxury Hotels of the World, o que é meio caminho andado para garantir uma boa estadia.

A localização é boa, a 5 minutos do Chiado e Bairro Alto, e as instalações parecem interessantes e de bom gosto, com temas diferentes para cada quarto. O hotel conta com um restaurante bem avaliado, o Bastardo, de cozinha portuguesa requintada e alguns pratos asiáticos.

Para mais informações, clique aqui.

Foto da galeria desta acomodação

Foto do booking.com

OLISSIPPO LAPA PALACE

Se é sua lua de mel ou se você quer se sentir um membro da realeza portuguesa, esse é o lugar: um edifício do século XIX no alto de uma colina, com vista para o rio Tejo.

Super requintado e com serviço de primeira, esse hotel é membro do Leading Hotels of the World, ou seja, pode se hospedar de olhos fechados!

Só a localização que deixa um pouco a desejar, pois é meio afastado do centro histórico, mas nada que um Uber não resolva rapidinho!

Para mais informações, clique aqui.

Foto da galeria desta acomodação

Foto de booking.com

Agora que já expliquei cada um dos pontos de interesse em Lisboa, restaurantes, hotéis, meios de transporte, etc., segue uma lista do que fazer em três dias completos na cidade. Claro que é só uma sugestão, a ordem pode ser mudada à vontade!

Primeiro Dia: Praça do Comércio, Lisboa Story Centre, Arco da Augusta e Rua Augusta, Rua do Ouro para pegar o Elevador de Santa Justa e subir para ver a Praça do Carmo/Convento do Carmo, seguir para o Chiado (andar pela Rua Garret até a Praça Luis de Camões), Miradouro São Pedro de Alcântara e Bairro Alto mais à noitinha.

Segundo Dia: Miradouro Nossa Senhora do Monte, Panteão Nacional, Castelo de São Jorge, Miradouro Portas do Sol, Bairro de Alfama, Igreja da Sé de Lisboa e Casa dos Bicos.

Terceiro Dia: Palácio Nacional da Ajuda, Mosteiro dos Jerônimos, Padrão dos Descobrimentos e Torre de Belém.

Dias Extras: caso tenha mais tempo em Lisboa: Parque das Nações (Oceanário e Teleférico), Estádio do Benfica, Centro Comercial Colombo (se quiser fazer compras), Museu dos Azulejos, Museu do Fado.

Veja abaixo o mapa onde registrei todos os pontos mencionados nesse post para facilitar a sua localização. Sugiro baixar esse mapa e ir seguindo pelos pontos de interesse! Boa viagem!


  Lisboa é simplesmente apaixonante, uma cidade onde reconhecemos a nossa cultura a cada esquina! Desbravar os bairros típicos pelas sete colinas, admirar as construções pitorescas, as belas paisagens dos muito miradouros, experimentar um bom bacalhau, os deliciosos doces portugueses, sentir o cheiro de castanhas assadas no ar, bater um papo com os locais, são momentos que ficarão para sempre na minha memória, deixando muita saudade!

Espero que você já queira ir ou voltar também!! Obrigada por me acompanhar pela capital da Terrinha!!

Na minha conta do Instagram você pode encontrar mais fotos de Lisboa, principalmente se usar a hashtag #thaisaroundportugal.

Conheça também a minha página no Facebook!

Beijos, Thaís! 

thaisnatale

thaisnatale

Meu nome é Thaís, sou advogada e estou sempre planejando as próximas viagens. Já estive em mais de cinquenta países e resolvi criar esse blog a pedido da família e amigos que sempre me pedem dicas e ajuda com os roteiros. E, como gosto de escrever, decidi atender aos pedidos! Sejam bem vindos e espero muito que as minhas dicas e experiências ajudem! Boa leitura!!!